ícone de carregamento
A Ética no pensamento e na obra pedagógica de Loris Malaguzzi
A Ética no pensamento e na obra pedagógica de Loris Malaguzzi
A Ética no pensamento e na obra pedagógica de Loris Malaguzzi Livraria Jujuba Editora Phorte Editora

A Ética no pensamento e na obra pedagógica de Loris Malaguzzi

O educador espanhol Alfredo Hoyuelos, com sua característica argúcia argumentativa e interpretativa, aborda nesta obra a ética educativa de Loris Malaguzzi, educador italiano criador da abordagem Reggio Emilia. Para tanto, desenvolve três princípios que, na sua perspectiva, formam a ética educativa de Malaguzzi, a saber: que a educação começa com a imagem da criança, uma imagem que revela a indeterminação do ser humano; que educar significa incrementar o número de oportunidades possíveis; e que a criança é um sujeito de direitos históricos e culturais. O autor explica as estratégias e as atuações que materializam cada um desses princípios no âmbito escolar. Para Hoyuelos, a pedagogia de Malaguzzi está atrelada a um conceito de ética que pressupõe, entre outras coisas, anular a tradicional assimetria entre uma criança que, supostamente, não sabe, e um adulto que deve ensinar o que acredita saber; estabelecer uma prática educativa com valores e atitudes que possam ser mudados quando não estiverem de acordo com a riqueza do pensamento da criança e com a complexidade das transformações contemporâneas; e considerar a criança como sujeito cultural e político, portadora de uma extraordinária riqueza que deve ser exaltada, e não encoberta por uma educação inadequada. O texto procura esclarecer que Malaguzzi sempre ensinou que as escolas devem estar em contínuo movimento, em contínua evolução com a capacidade de transgredir a si próprias, sem nunca se trair, sabendo acolher os desafios da sociedade e de cada nova criança, a cada momento.

R$
R$ 69,00
1
Comprar
Restam 3 disponíveis!
3
Quem somos Central de atendimento Como comprar Clube de assinaturas Fale conosco Termos e condições Livraria Diálogos Entrega Troca e devolução